Por pbagora.com.br

Um dia agitado na Câmara Municipal de Bayeux. Os vereadores  analisam nesta terça-feira (10), o pedido de intervenção que deve afastar Berg Lima da Prefeitura da cidade. Jefferson Kita,  presidente da Câmara, disse ao ClickPB, que durante a manhã desta segunda-feira (9), foi feita uma reunião com a Procuradoria da Câmara para avaliar a questão da constitucionalidade da matéria.

A Procuradoria considerou constitucional o pedido e presidente da Câmara e a primeira Secretaria decidiram que o assunto vai para a pauta desta terça.
O TCE-PB e o governador João Azevêdo serão notificados da decisão dos 17 vereadores, após votação na sessão desta terça-feira (10) na Câmara de Bayeux.

Se aprovada pela Câmara a intervenção, o tema será remetido ao governador João Azevêdo, o qual designará um interventor e esse será analisado pela Assembleia Legislativa da Paraíba.

A decisão do TCE foi aprovada, por unanimidade, na sessão da quarta-feira (4), consequente da análise de uma inspeção especial de contas, realizada no município. O relator da matéria, conselheiro André Carlo Torres Pontes, em seu voto, acompanhado pelos demais membros da Corte, reconheceu os requisitos constitucionais necessários para a medida extrema, diante das graves irregularidades apontadas no relatório da Auditoria.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nilvan garante retorno das aulas das escolas privadas de JP em janeiro

Candidato do MDB à prefeitura esteve reunido, nesta segunda-feira, com representantes do setor educacional da Capital Em reunião com entidades e representantes de escolas particulares, o candidato do MDB a…

Opinião: a real “realidade” das desavenças com Cícero Lucena e Cássio

E o tribunal do júri está aberto. Os ex-governadores sabem perfeitamente como atingir à pessoa do outro. Falo de Cícero Lucena (PP) e Cássio Cunha Lima (PSDB). Ao que parece,…