Antes mesmo da decisão do plenário, os deputados Walber Virgulino (Patriotas) e Camila Toscano (PSDB) já haviam votado, no âmbito da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) pela manutenção da prisão da deputada Estela Bezerra (PSB), decretada ontem, terça-feira (17), pela Justiça da Paraíba, na Operação Calvário.

No parecer divulgado, os demais integrantes da comissão seguiram o relator, Felipe Leitão (DEM) e votaram pela não prisão da parlamentar.

VEJA O DOCUMENTO

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: radicais petistas e bolsonaristas repetem a história de conflitos armados para legitimar seus discursos

A tarde findou, e com ela a incerteza do que poderia escrever nesta coluna. Assuntos mil; todos relativos à pandemia causada pelo novo coronavírus estavam (e estão) ao meu dispor.…

Juíza determina que verba de campanha eleitoral vá para combate ao coronavírus

A juíza Frana Elizabeth Mendes, da 26ª Vara Federal do Rio, concedeu liminar que destina para o combate à epidemia do novo coronavírus os cerca de R$ 2 bilhões do…