Por pbagora.com.br

Caciques em seus partidos derrotados no primeiro turno das eleições deste ano, três expoentes da política paraibana adotaram um pacto de silêncio até o próximo domingo (28).

A postura do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), como também dos senadores José Maranhão (MDB) e Cássio Cunha Lima (PSDB) durante todo o segundo turno chamou a atenção dos analistas políticos e eleitores de toda à Paraíba.

A trinca evitou qualquer manifestação de apoio a Jair Bolsonaro (PSL) ou Fernando Haddad (PT).

Enfrentando desgastes políticos, os três parecem não ter levantado desde o dia 7 de outubro.

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Centro de Especialidades Médicas : Ruy apresenta projeto inovador para a saúde de JP

Ruy apresenta projeto inovador para a saúde de João Pessoa, implantar um Centro de Especialidades Médicas de saúde em cada distrito “A criação do Centro de Especialidades Médicas, em cada…

Romero faz trocadilho sobre pré-candidato do grupo à PMCG: “Será a gosto”

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, do PSD, previu, durante entrevista nesta terça-feira (04), que até a próxima semana será anunciado o nome que vai representar o grupo governista…