Por pbagora.com.br

 O presidente do PMDB, José Maranhão demonstrou indiferença e desconhecimento sobre a elegibilidade do pré-candidato ao governo, Cássio Cunha Lima (PSDB). Ao ser indagado sobre o assunto, o peemedebista revelou que o que sabe é apenas o que se comenta na imprensa.

 

"Até agora não li e não vi o conteúdo da decisão do Tribunal. Todas as informações que me chegam são as que estão sendo divulgadas pela imprensa".

 

 Indagado sobre possíveis dissidentes da legenda que devem apoiar o nome de Cássio ou até mesmo o projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB), Maranhão disse que ainda não decidiu qual será a posição da legenda sobre eles.

 

"Nós não temos uma posição definida como o diretório vai cobrar fidelidade partidária. Eu não posso anunciar o que vamos fazer sem consultar o partido".

 

Segundo informações, uma reunião ainda esta semana, sem data definida, deve decidir o que o PMDB vai fazer sobre a atitude de dissidência partidária.

 

Vanessa de Melo com informações de Henrique Lima

PB Agora

Notícias relacionadas

Covid-19: Geraldo ratifica agradecimento ao Governo Federal sobre insumos

“Estaria disposto a repetir o que eu disse”. A declaração é do secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, sobre o agradecimento público que fez ao governo federal no tocante…

Opinião: Livro de Eduardo Cunha é um libelo eivado de ódio e sentimento de vingança

O livro “Tchau, Querida”, de autoria do deputado federal cassado, Eduardo Cunha, não merece o menor crédito, tampouco tem algum valor histórico. É inútil como documento digno de compor o…