A Paraíba o tempo todo  |

Bruno Farias denuncia: “Cartaxo cometeu crime de responsabilidade"

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O vereador Bruno Farias (PPS) ocupou a tribuna da Casa, na manhã de ontem (30), para falar sobre o remanejamento de recursos do Orçamento da Prefeitura Municipal de João Pessoa, previsto no projeto enviado à Câmara Municipal pelo prefeito Luciano Cartaxo (PV). Para Bruno, o prefeito cometeu crime de responsabilidade.

A polêmica entre vereadores da base governista e da bancada de oposição se iniciou após os vereadores oposicionistas constatarem o que o vereador Bruno Farias, do PPS, taxou de “pegadinha no meio desse projeto”, no que diz respeito ao montante a ser remanejado. 

O vereador afirmou que “o prefeito mentiu para a Câmara Municipal e para o povo de João Pessoa de maneira deslavada, ao dizer que encaminhou um remanejamento de R$ 70 milhões, quando na verdade são R$ 105 milhões. No 30° parágrafo do projeto, ele pede um cheque em branco de mais R$ 35 milhões, sem dizer de onde sairá esse dinheiro e para onde vai. A Constituição determina que todo e qualquer remanejamento deve ter lei específica. No caso dos R$ 70 milhões, ele informa isso, mas não para os R$ 35 milhões acrescidos ao projeto. Isso se configura como crime de responsabilidade, por que atenta contra a lei orçamentária”, afirmou. 

De fato, os anexos 1 e 2 do projeto enviado à Câmara Municipal só contém a relação das pastas municipais inseridas no pedido de transferências de recursos no tocante aos R$ 70 milhões. O vereador disse que a bancada de oposição vai acionar o Ministério Público da Paraíba e o Tribunal de Contas Estado, apontando as ilegalidades contidas no projeto. “O prefeito age de má-fé, com desonestidade”, afirmou Farias.

Redação 
 

 

Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe