Por pbagora.com.br
 
 

Se eleito, o candidato a prefeito de Campina Grande Bruno Cunha Lima (PSD) ratificou a intenção de utilizar a estrutura do novo Hospital da Criança e do Adolescente do município como um braço para o Instituto Elpídio de Almeida – ISEA.

Segundo Bruno, isso só será possível se houver uma boa estratégia.

– Parte disso já será desmembramento do próprio ISEA. Precisamos levar esse desafogo porque hoje a unidade atende Campina Grande e mais 180 municípios da Paraíba. Lembrando também que, em 2021, o Isea completará 70 anos de sua inauguração. Então, podemos oferecer os serviços de uma maternidade de baixo risco nessa nova unidade, diminuindo a carga do instituto – afirmou.

Outro ponto defendido pelo candidato foi uma ampliação dos investimentos na área de Saúde.

– Há necessidade de investirmos ainda mais na saúde pública. Esse é outro abismo de diferença que eu quero diminuir. Que quem não tenha plano de saúde também possa desfrutar de um bom atendimento – declarou.

As declarações de Bruno repercutiram em entrevista rádio Caturité FM neste final de semana.

 

Redação 

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TJPB condena deputado Buba Germano a 9 anos de reclusão

Na sessão desta quarta-feira (2), o Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba decidiu condenar o deputado estadual e ex-prefeito de Picuí, Rubens Germano Costa, mais conhecido por Buba Germano,…

Desvio de verba: ex-prefeito de Pilõezinhos e parentes entram na mira da justiça

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) ofereceu, nesta terça-feira (1º/12) denúncia contra o ex-prefeito do município de Pilõezinhos, Rosinaldo Lucena Mendes; o sobrinho dele e a ex-esposa desse sobrinho, por…