Eleições 2020. Esse é o tema mais tratado entre os políticos paraibanos. Faltando menos de 1 ano para o próximo pleito é importante fazer e refazer os cálculos e estratégias para estar dentro da disputa no ano que vem. O nome do ex-deputado Bruno Cunha Lima já aparece entre os possíveis candidatos à Prefeitura Municipal de Campina Grande, no entanto, até lá, várias estratégias precisam ser analisadas, como a troca de partido por exemplo.

Atualmente sem partido, Bruno não descarta filiação ao MDB, sigla que parece já estar de portas abertas para o campinense, como declarou o presidente do MDB na Paraíba, senador José Maranhão. Porém, o ex-deputado garante que, oficialmente, não houve nenhum contato.

– Ainda não tem nada definido. Sequer houve uma conversa formal. O que tenho sentido somente é esse convite público que foi e que tem sido endossado por alguns dos filiados, inclusive o próprio senador José Maranhão, nesses últimos dias, deu declaração afirmando que não teria nada contra, muito pelo contrário, disse que seria favorável à composição do partido.

Bruno que declarou que não tem pressa para tomar alguma decisão neste sentido, já que o prazo para troca de partidos vai até o mês de abril do próximo ano.

– Confesso que não quero deixar para tomar essa decisão no final do prazo e que essas conversas vão se intensificar agora a partir do mês de janeiro.

 

PB Agora

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Líder da oposição na ALPB rejeita composição com RC ou com o PSB

Apesar do racha na base governista com o anúncio da desfiliação do governador João Azevêdo dos quadros do PSB, o líder da oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba, Raniery Paulino…

Análise: Tião Gomes acusa falta de lisura à OS que administrará o Trauma e João deve escutá-lo para evitar uma nova ‘Calvário’

O governador João Azevêdo (sem partido) deve iniciar a semana com um provável problema no que diz respeito à lisura da Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de Birigui, do…