De fato, o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) determinou ao Ministério da Justiça que suspenda o uso de equipamentos medidores de velocidade estáticos, móveis e portáteis nas estradas federais até que o Ministério da Infraestrutura faça a reavaliação das normas atuais que regulam a fiscalização eletrônica em vias públicas. A medida foi por meio de despacho presidencial publicado no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (15).

Na segunda-feira (12), Bolsonaro já havia antecipado que iria extinguir os radares móveis, quando discursou durante evento no Rio Grande do Sul.

De acordo com o texto, a medida foi tomada para “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”.

O despacho publicado nesta quinta-feira não estabelece prazos para que os radares voltem a ser usados e nem para que o ministério conclua o trabalho de reavaliação das normas de fiscalização nas estradas. Veja a íntegra do despacho abaixo.

Redação com DOU

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MAIS UM: Raoni Mendes confirma pré-candidatura à PMJP

O ex-vereador e ex-deputado estadual Raoni Mendes (DEM)  lançou em definitivo seu nome a  pré-candidato a prefeito  de João Pessoa. Eleito vereador mais votado da Capital no pleito de 2012,…

PB Agora/Datavox: Manoel Jr lidera disputa pela prefeitura de Pedras de Fogo

A pouco menos de um ano para as eleições municipais de 2020, o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (SD), lidera a corrida eleitoral do município de Pedras de Fogo,…