A Paraíba o tempo todo  |

Bolsonaro sanciona projeto de Efraim que promove incentivos para setor produtivo e prorroga ICMS

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou integralmente o PLP nº 05/2021, que possibilita a prorrogação até 2023 de benefícios fiscais de ICMS. A medida beneficia os setores comercial, atacadista, portuário, aeroportuário vinculado ao comércio internacional, e de produtos agropecuários e extrativos vegetais in natura.

De autoria do deputado federal Efraim Filho (DEM-PB), a proposta iguala a prorrogação de incentivos do comércio com a indústria, vigorando até a aprovação da reforma tributária. “Uma vitória para o empreendedor, para quem produz no Brasil e garante oportunidades. O comércio é o setor que mais emprega e mais paga impostos. São novas vagas de trabalho, essencial para um país que quer voltar a crescer. Vamos mudar isso e ajudar o empreendedor”, comenta o parlamentar.

A manutenção desses incentivos fiscais tem grande importância econômica e social, dada a relevância da distribuição desses produtos para a sociedade, com vários efeitos positivos para o setor.

Geração de Empregos

A aprovação do PLP 5 é fundamental para a manutenção dos empregos no país, pois quem mais emprega são os micro, pequeno e médio empresários do setor de comércio – atacadista, distribuidor, varejista – e do setor de serviços.

Diminuir a carga tributária para esses empreendedores vai ajudá-los a manter os empregos de hoje e, no futuro, ter condições para contratar mais pessoas. Para Efraim: “É dessa forma que conseguiremos fazer a economia do Brasil voltar a girar de forma a beneficiar o maior número possível de trabalhadores”.

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe