Por pbagora.com.br

Mesmo aliados como o deputado federal e presidente do PSL paraibano Julian Lemos, ter pedido mais pulso do presidente da República Jair Bolsonaro, para com seu filho o o vereador carioca Carlos Bolsonaro (PSL) que recentemente se desentendeu com o vice-presidente da República, o general Amilton Mourão, Jair Bolsonaro saiu ontem (25), na defesa de Carlos destacando ele tem liberdade para expor ideias e se pronunciar.

 

Para o deputado federal paraibano, a troca de farpas envolvendo o vereador Carlos Bolsonaro e o vice presidente Amilton Mourão precisam, urgentemente, serem resolvidas pelo presidente Jair Bolsonaro. "O problema do filho é o pai quem tem que resolver. O problema da vice-presidência, tem o presidente pra tratar disso. Eu acho que é uma discussão desnecessária, infrutífera e que o povo que produz no Brasil quer ver resultado. Quem elegeu o presidente não tem interesse nisso", observou o deputado.

 

Em resposta ontem, via os canais oficiais do governo o presidente emendou dizendo que o filho tem liberdade para se pronunciar. "Sem problema nenhum para o Carlos, ele tem sua posição, tem sua liberdade para expor suas ideias no Twitter, aonde for, assim como outra pessoa qualquer”, afirmou.

 

"Problema do filho é o pai que tem que resolver", diz Julian sobre interferência de Carlos no Governo Bolsonaro

 

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

Campina limita funcionamento de bares, restaurantes e lojas de conveniência

A prefeitura de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, confirmou que haverá redução no horário de funcionamento de bares e restaurantes do município. A medida acontece em razão do avanço…