Por pbagora.com.br

Vice-presidente nacional do PDT, Ciro Gomes afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) pretende criar confusão com o chamamento para manifestações no próximo dia 26. “Bolsonaro está chamando um cadáver para a rua. Isso é o começo, é a radicalização, coloca Deus na história e pede para rezar. O outro lado quer desqualificar, Bolsonaro chama de idiota. E isso esquenta um caldo de um lado e esse tipo de coisa vai negando a linguagem da política”, avaliou, em entrevista ao canal My News, no Youtube.

Ainda para Ciro, o presidente está irritado, pois supostos desvios da sua família foram descobertos. “O Bolsonaro é um politiqueiro. Fui colega dele, deputado por 28 anos, membro do sistema. Apoiou [Sérgio] Cabral, Crivella, Garotinho, Aécio e agora o que tá ‘inervando’ Bolsonaro é que pegaram o rabo do rato. Ele ensinou o Flávio [Bolsonaro, filho do presidente e Senador da República] a fazer a ‘rachadinha’. Ele é mentiroso e corrupto”, acusou. 

Candidato derrotado à Presidência da República em 2018, o pedetista avalia que o presidente eleito não soube interpretar o seu papel após a disputa eleitoral. “É um presidente irresponsável que quer reproduzir o que deu êxito a ele. O contexto de ganhar eleição é o antagonismo. Ele teve êxito com esse conjunto de molecagens de internet, com dinheiro estrangeiro, uma parte corrupta do baronato israelita influiu aqui. Para ganhar uma eleição, precisa desse antagonismo. Ele nunca entendeu que o papel dele é unir, ao ganhar a eleição. Estabelecer diálogo. O discurso dele antissistema não guarda coerência com o fato dele ser 'o' sistema”. 

Veja a entrevista completa: 

 

 

Redação com portal Metro1

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Patrocinadores cancelarão contratos se envolvidos na ‘Cartola’ voltarem ao Belo

Em 2018, foi deflagrada a ‘Operação Cartola’ na Paraíba. Além de entidades do futebol paraibano, a operação apura o envolvimento do ex-vice-presidente do Botafogo-PB, Breno Morais Almeida. Ele é acusado…

“Esquerda pode ficar fora do 2º turno em JP” analisa Jackson ao propor aliança inusitada

O Partido dos Trabalhadores (PT), propôs uma aliança inusitada visando as eleições municipais deste ano na Capital paraibana. A sigla no intuito de unir forças de esquerda defendeu marchar junto…