Foto: Secom

De sexta-feira (23) para cá, a máquina de fake news, uma prática “jornalística” que é a cara do Brasil de hoje, azeitou as suas engrenagens para produzir, em grande escala, mentiras com o notório objetivo de desqualificar o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste.

Pelas características não só do “noticiário”, mas também, de seus divulgadores, não há dúvida de que este bombardeio contra o Consórcio Nordeste é mais uma armação de aliados e admiradores da era Bolsonaro que, pejorativamente, ficaram conhecidos pela alcunha de “bolsominions”.

O falso noticiário tenta convencer os leitores menos avisados de que a primeira incursão dos governadores do Nordeste, pela Europa, a cata de parcerias e investimentos para a Região, não deu em nada. “Os governadores do Nordeste voltaram de mãos abanando”, comemoravam algumas manchetes. As fake news, de quebra, ainda tentaram convencer aqueles que perdem tempo em ler suas baboseiras de que os governadores teriam feito o mesmo que fizeram os vereadores de Santa Rita, ou seja: foram fazer turismo, hospedados em hotéis de luxo, torrando o dinheiro do erário, com diárias exorbitantes e tour pela Europa.
Muito pelo contrário, o Nordeste que já é a Região que mais cresce no País, na atualidade, e está corretamente na contramão de um Brasil embalado numa banguela de desmantelo, só tende a crescer ainda mais, depois desta produtiva incursão dos governadores ao velho continente.

Foto: Secom

Provas

Como se não bastassem as inúmeras fotografias dos governadores dialogando ou discursando em microfones para plateias de autoridades europeias, vamos a alguns fatos: o diretor geral do tesouro francês, Cristophe Bories, disse: “O Nordeste do Brasil é uma Região que tem três vezes a superfície da França e tem oportunidades para nossas empresas. As autoridades francesas estão mobilizadas para apoiar projetos no Brasil através de financiamentos. Podemos fazer vários tipos de cooperação entre a França e os estados do Nordeste brasileiro”.

Já o integrante do Movimento das Empresas da França (Medef), Gérard Wolf, se mostrou interessado em dar andamento às negociações e, apressadamente, sugeriu uma reunião o quanto antes, em Salvador (BA), para aprofundar as discussões com as empresas francesas que poderão se instalar em estados do Nordeste do Brasil.

Foto: Secom

Outro destaque

Com representantes da Golar Power, joint venture entre a noreguesa Golar e fundo norte-americano Stonepeak, as autoridades nordestinas discutiram um projeto visando o uso de energias limpas e a ampliação de rede de gás natural, com a proposta de criar “blue corridors”, uma rota de transportes de gás natural entre os estados do Nordeste. Denominado Rota Azul, esse projeto de integração no Nordeste inclui a instalação de Postos de Combustíveis capazes de fornecer gás natural liquefeito para veículos de cargas, à semelhança do que já existe na China, na Espanha e na Alemanha.

Quanto a este assunto, durante as discussões na Europa, o governador paraibano João Azevêdo destacou que a Paraíba já tem recebido investimentos internacionais para a produção de energias alternativas e acredita que novos recursos podem ser aplicados na área.

A pauta cumprida pelos governadores e as propostas bilaterais de parceria são enormes, inclusive, com destaque para o potencial tecnológico de Campina Grande que foi minuciosamente relatado para investidores alemães.

Como se vê, além de já ser a Região que mais cresce no Brasil, o Nordeste acordou para um projeto de interesse regional e com fortes relações com as maiores potências do mundo, inclusive, a China, em vez de ficar a espera de migalhas do Governo Federal, capitaneado pela incerteza de um futuro incerto.

 

Wellynton Farias
PB Agora

Total
16
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João destaca necessidade de reforma da PBPrev e avisa: “Não estou para fazer acordo”

O governador da Paraíba, João Azevêdo, durante entrega de obras no Brejo da Paraíba, comento em tom de desabafo o texto levado à Assembleia Legislativa para a reforma da Previdência…

“Se sumir carteira, já sei quem é”, diz Bolsonaro ao ver flamenguista

O presidente Jair Bolsonaro parou na Praça dos Três Poderes, em Brasília, para tirar foto com turistas e eleitores na tarde deste sábado (14). Ele se negou a responder as…