Único deputado federal cassado no Brasil por infidelidade partidária, o ex-deputado federal Walter Brito Neto utilizou as redes sociais, para criticar o apoio do PSDB de Campina Grande à candidatura do suplente de vereador Rafael Pereira de Sousa, conhecido como Rafafá, que disputa uma das vagas na Câmara Federal pela legenda tucana.

“É uma vergonha para o PSDB de Campina a candidatura de Rafafá, como querem apoio de Bolsonarianos apoiando esse militante do movimento LGBT!”, postou o ex-parlamentar, que teve o mandato cassado por infidelidade partidária.

Rafafá que disputa uma vaga na Câmara Federal, rebateu às declarações do ex-parlamentar e destacou os últimos resultados desfavoráveis do ex parlamentar em campanhas passadas. 

“Quem é Walter Brito Neto? Como uma pessoa foi candidato a prefeito, não tem quase 600 votos, e vem querer questionar a minha sexualidade? Quem está me analisando são as pessoas que querem renovação. Se ele não tem força nenhuma e acha que está me criticando, está me ajudando, gerando voto”, disse o tucano.

Rafará chegou a ser anunciado como novo vereador de Campina Grande, mas o sonho foi adiado devido a desistência de Alexandre do Sindicato de se afastar da Casa para assumir uma Secretaria na Prefeitura Municipal de Campina Grande,.

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: o Brasil está à beira de uma guerra civil, cujo ódio é ‘plantado’ por Bolsonaro que usa o povo como pólvora

A tarde já findava. Precisei ir à farmácia, mesmo com certo cansaço em decorrência do corpo debilitado pela Covid-19. Embora os sintomas tenham cessado, o corpo ainda está debilitado. Pois…

“Eu não acredito no impeachment partindo do Congresso”, diz paraibano

Por meio das suas redes sociais o deputado federal paraibano Frei Anastácio (PT), disse: “Eu não acredito no impeachment de Bolsonaro partindo de iniciativa do Congresso Nacional, apesar da Câmara…