Por pbagora.com.br

Em tom agressivo, Bira não engole desfiliações e exige do TSE punição para “infiéis”

Durante discurso na tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa, na manhã desta terça-feira (6), o vereador Ubiratan Pereira – Bira (PSB) cobrou dos parlamentares que deixaram o partido a motivação política ou pessoal que culminou na troca das legendas bem como exigiu posicionamento do Tribunal Superior Eleitoral –TSE e Tribunal Regional Eleitoral –TRE para que a legislação eleitoral não seja jogada no lixo.

Em tom agressivo, Bira afirmou que o PSB teve mudanças significativas, mas exige que a fidelidade partidária seja respeitada e disparou: “Se não tivermos o respeito da justiça à altura, ficaremos entalados com nossa própria história”. O parlamentar afirmou que atualmente se vive uma verdadeira insegurança política.

No troca-troca de partido a maior “debandada” se instaurou no PSB, onde sete parlamentares deixaram a legenda, dois da bancada federal e cinco da estadual.

Ao comentar sobre posicionamento do líder na câmara dos deputados do PSB Nacional, Rodrigo Rollemberg, que defendeu a tese de que o partido seguirá a tradição e não reivindicará mandato de “infiéis”, Bira declarou haver uma discordância de entendimento entre parlamentares da legenda e é uma discussão referente a um direito previsto na constituição eleitoral. 
 

PB Agora

Notícias relacionadas

Paraibano é citado entre os beneficiados no ‘orçamento paralelo’ de Bolsonaro

O deputado federal paraibano Wellington Roberto (PL) parece entre os parlamentares contemplados com o orçamento paralelo criado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para ganhar a “fidelidade” do Centrão. O…

Após reunião, Raniery diz que prefeitos do MDB buscam estreitar laços com João

Nesta segunda-feira (10), o vice-líder do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Raniery Paulino, (MDB) detalhou os pontos debatidos durante a reunião que ocorreu entre parte da Executiva Estadual…