Por pbagora.com.br

 O vereador Ubiratan Pereira – Bira (PT) apresentou um “Voto de Solidariedade” ao colega de partido e presidente estadual do PT, Charliton Machado, que foi vítima de intolerância política na Capital. Charliton teve o vidro do seu carro quebrado, na manhã dessa quarta-feira (16), quando o mesmo esteve estacionado no Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), local onde o dirigente petista também é professor e orientador de trabalhos acadêmicos.

Além do vidro quebrado, na ocasião também foi rasgado o adesivo “Tô com a Dilma”, que estava fixado no mesmo veículo. Contudo, nada dos pertences (bolsa, carteira, documentos, etc) do dirigente estadual do Partido dos Trabalhadores, que estavam no interior do veículo foi levado, o que demonstrou que não se tratava de furto, e sim de um crime motivado por intolerância política.

Para Bira o ocorrido foi um fato bastante lamentável, inclusive por ter ocorrido num ambiente universitário, onde se espera o mínimo de educação, respeito e tolerância dos cidadãos e cidadãs que lá frequentam.

“Como bem falou Charliton em seu desabafo nas redes sociais, o ódio fascista não tem limites e assusta a democracia até mesmo nos ambientes das universidades públicas brasileiras. Por isso, lamento profundamente o fato ocorrido e presto aqui minha solidariedade ao colega partidário e dirigente do nosso diretório, vítima dessa atitude criminosa, hostil e de clara ausência de disposição para aceitar pessoas com ponto-de-vista e opção política diferentes”, afirmou o parlamentar.

 

Assessoria 

Notícias relacionadas

Anísio veta tese de ingresso de RC no PT: “Não assinarei sua ficha”

A filiação ou não do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) aos quadros do Partido dos Trabalhadores continua gerando polêmica entre a ala petista na Paraíba. Nesta terça-feira (05), durante…

Vice-prefeito de CG se reúne com ministro da Saúde e reivindica recursos

O vice-prefeito de Campina Grande, Lucas Ribeiro, participou nesta terça-feira (4), de uma reunião com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. O encontro aconteceu em Brasília, onde o gestor cumpre…