O anúncio, feito ontem, pelo ex-governador José Maranhão (PMDB) de que decidiu concorrer a uma vaga como deputado federal nas eleições de 2014 fez com que seu sobrinho, Benjamin Maranhão (Solidariedade), abrisse o verbo hoje e confirmasse que a especulação a respeito da postulação do tio contribuiu definitivamente para que ele deixasse o PMDB e buscasse outra sigla que viabilizasse sua disputa pela reeleição para a Câmara Federal.

Além disso, Benjamin revelou que sua mãe, Wilma, chegou a interceder pela harmonia familiar, pedindo a José que desistisse da eleição para deputado federal:

"Essa declaração de Maranhão apenas serviu para confirmar o que a Paraíba já sabia e justificar meus motivos para deixar o PMDB. Toda a imprensa já falava sobre isso. Eu cheguei a conversar com Maranhão sobre isso. A prefeita de Araruna também conversou e disse que seria inviável duas candidaturas da mesma família. No dia 20 de setembro, ela falou com ele e apelou para que ele não disputasse para deputado federal e que fosse a público descartar as notícias neste sentido. Ele disse que não daria nenhuma declaração e só depois iria resolver isso. Eu não ia esperar pela fritura e eu saí por causa disso. Maranhão vir dizer agora que se lançou candidato porque eu saí, é querer inverter as coisas. A decisão dele é para sacrificar um político mais jovem. O normal seria trabalhar para que o grupo político tivesse continuidade", disse.

Benjamin ainda declarou que seu tio teria outras possibilidades políticas para 2014, entre elas concorrer ao Senado ou mesmo atuar como coordenador de campanha do PMDB.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nova casa: Durval Ferreira se prepara para chegar ao PL com ‘status’ de general

De malas prontas para trocar de partido, o vereador licenciado Durval Ferreira migrará para uma nova casa partidária – o PL (Partido Liberal) – com direito a um ‘status’ de…

Mais um filiado ao PSL/PB ignora Julian e admite deixar legenda se Bolsonaro sair da sigla

Apesar de o deputado federal Julian Lemos, atual presidente do PSL na Paraíba, atestar que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) não tem intenção de se desfiliar da legenda diante do…