Por pbagora.com.br

Em Bayeux, servidores estão sem receber salários – os que trabalham na rede municipal de educação, por exemplo, estão há quase dois meses sem receber vencimentos e já foram informados que o 13º salário também não será pago, em dezembro. Contudo, o prefeito afastado do município, Berg Lima, continua recebendo salários, mesmo sem trabalhar. Entre de janeiro e setembro recebeu em dia mais de R$ 222 mil.

 

Em junho, o Tribunal de Contas do Estado sugeriu ao prefeito interino de Bayeux, Noquinha (PSL), que suspendesse o pagamento do salário de Berg Lima. Porém, o prefeito afastado entrou na Justiça com mandato de segurança para continuar recebendo os vencimentos. Resumo da ópera: a combalida, financeiramente, Bayeux paga salário a dois prefeitos, Berg Lima e Noquinha, que recebem, cada um, mais de R$ 20.257, em dia.

 

Em virtude dessa situação anteontem (20), houve confusão na Câmara de Vereadores do município de Bayeux, na Grande João Pessoa. Manifestantes protestavam contra o atraso no pagamento dos salários de algumas categorias de servidores.

 

No mesmo momento, outro grupo aproveitou para pedir eleições diretas para prefeito do município, cargo que atualmente é ocupado pelo vereador Noquinha, escolhido pela própria Câmara. Os ânimos se acirraram e houve confronto entre manifestantes e guardas municipais.

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

PB encerra a semana com a maior redução no número de mortes por covid do Brasil

Após muito sufoco nos últimos dias, a Paraíba encerrou a semana com a maior redução de mortes por Covid-19 no Brasil, na média móvel dos últimos 7 dias, e como…

2021: governo gasta 12 vezes menos com pandemia nos primeiros 100 dias

O gasto do Poder Executivo no combate à pandemia de coronavírus nos 100 primeiros dias deste ano é 12 vezes menor do que a média de 2020. Até o último…