Por pbagora.com.br

O clima político na cidade de Bayeux continua tenso. Após o Supremo Tribunal negar recurso do prefeito interino da cidade Jefferson Kita, a eleição indireta para escolha do novo prefeito está mantida para a tarde desta quarta-feira (19).

Prevista para acontecer a partir das 15h a sessão promete ter ainda mais desdobramentos do que vem ocorrendo nos dias que a precedem.

Horas antes do pleito, o vereador da oposição, Adriano Martins trouxe à tona uma nova denúncia.

De acordo com ele, na tentativa de que seu grupo continue no poder, o atual gestor estaria oferecendo propostas aos vereadores para que possam mudar o voto.

“A gente não pode fazer o que vem sendo feito em Bayeux, essas tentativas de manobra como o prefeito que está aí estava insistindo e agora mais uma manobra de tentar estar comprando voto e articular com vereadores oferecendo propostas indecentes” declarou Martins.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após ser anunciada como vice de RC, Paula Frassinete renuncia

Apenas um dias após ser registrada como companheira de chapa do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na corrida eleitoral pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, a ex-vereadora Paula Frassinete renunciou do…

Minimizando ‘pé de guerra’ RC agradece apoio do PT: “Alegria fraternal”

Minimizando e praticamente ignorando o verdadeiro pé de guerra que a intervenção da Executiva Nacional do PT causou dentro da sigla na Paraíba, ao anunciar apoio ao seu nome e…