Após ter pedido de habeas corpus atendido pelo Superior Tribunal de Justiça, o prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, poderá voltar ao cargo à frente da gestão daquele município. Segundo seu advogado Raoni Vita, o retorno de Berg Lima ao comando da administração municipal será apreciada pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), quando da votação da notícia-crime formulada contra ele, que está na pauta de julgamento da sessão de hoje do Pleno.

Durante o julgamento, três dos cinco integrantes da Sexta Turma do STJ votaram a favor da liberdade de Berg: os ministros Sebastião Reis Júnior, Rogério Schietti e Antônio Saldanha; e dois votaram contra: a ministra relatora Maria Thereza de Assis Moura, e o ministro Nefi Cordeiro.

No entanto, para conceder a liberdade de Berg, os ministros entenderam que o prefeito afastado não integrava uma organização criminosa, mas que o recebimento de propina seria uma conduta individual. Com isso, eles decidiram aplicar uma séria de medidas cautelares ao gestor, dentre elas, a manutenção do afastamento do cargo, até a análise de denúncia.

De acordo com o advogado, que acompanhou o julgamento do habeas corpus no STJ, que a decisão tomada pela Sexta Turma limitou-se a soltura imediata do gestor, que retornou à sua casa. Vita considerou a decisão um alívio e a certeza que a verdade virá à tona. O destino de Berg Lima volta a ser analisado pelo Pleno do Tribunal de Justiça (TJPB), que deve analisar hoje, a partir das 9h, a notícia-crime de autoria do Ministério Público da Paraíba (MPPB), que o denunciou por crime de responsabilidade, pela suposta prática de corrupção passiva e concussão (recebimento de vantagem indevida), que resultou em sua prisão preventiva, decretada pelo juiz convocado Aluízio Bezerra.

VÍDEO

Após deixar a prisão na noite desta terça-feira (28), o prefeiro afastado de Bayeux, Berg Lima, gravou um vídeo para agradecer à população pelas orações e por todo apoio. Berg disse que está bem e dará a vola por cima.

 

 

 

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente da ALPB e líder do Governo atribuem a Cabo Gilberto tática para embargar votações

Em entrevista a imprensa o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba deputado Adriano Galdino e o líder do Governo, deputado Ricardo Barbosa, ambos do PSB, reclamaram da tática utilizada semana…

“A briga agora vai ser em Brasília” diz Carlão do Cristo ao anunciar que partido recorrerá sobre posse de Helena Holanda

O suplente Carlão do Cristo (PROS), que disputava junto com Helena Holanda e Marcílio do HBE a cadeira deixada por Eduardo Carneiro (PRTB) na Câmara de João Pessoa, anunciou que…