Por pbagora.com.br

O professor Francisco Barreto (PTN) voltou nesta quarta-feira (20) a disparar críticas contra o presidente do diretório estadual do PTN, Fábio Medeiros, sobre o qual dirigiu a acusação de transformar o partido num “bordel”.

Ameaçado de um processo na Justiça, Barreto declarou que Fábio Medeiros é um “tresloucado” e reforçou a crítica quanto à condução do partido em nota divulgada à imprensa: “Não falarei mais em bordel, nem rendez-vous, e sim em “ lenocínio político”: prática de comércio ilícito de legendas partidárias. O termo “bordel” pode parecer impróprio”.

Barreto se revoltou contra decisão da direção estadual em intervir e destituir a direção municipal do PTN em João Pessoa. Ela acusa Fábio Medeiros de estar a serviço do prefeito Ricardo Coutinho (PSB).

“Todos sabem que há dois anos estamos fazendo uma oposição ferrenha ao PSB e RC. Fábio Medeiros admite publicamente que a “ futura aliança com o PSB vem sendo construída há dois ano”, lembrou.

Barreto disse que não teme processos e reafirmou a intenção de lutar junto à Direção Nacional do PTN para reverter o quadro na Capital.

PB Agora

 

VEJA NOTA NA ÍNTEGRA

“Todos sabem que há dois anos estamos fazendo uma oposição ferrenha ao PSB e RC. Fábio Medeiros admite publicamente que a “ futura aliança com o PSB vem sendo construída há dois ano e todos sabem disso, não se pode negar e mentir descaradamente (sic)”. Nunca foi discutida no PTN essa relação espúria com o PSB/RC, o próprio Presidente Nacional do PTN José de Abreu foi claro com todos nós “ somos um Partido de oposição ao Governo Municipal quando da sua última passagem em João Pessoa. O PTN tem o norte da oposição, e ao incomodar o alcaide João Pessoa, deve ter dado a Fábio Medeiros a tarefa de nos expurgar, e ele como um desprezível “valet de chambre” interviu na Municipal de João sem a aquiescência do Presidente da Nacional, e, mais sem qualquer contato com a Municipal.
Trocou Nicola Lomonaco por Chico do Sintrans.

O Sr. Fábio Medeiros é um completo tresloucado critica todo mundo – textualmente – disse-nos “ que venho observando é o comportamento de alguns componentes do PSDB. João Gonçalves disse logo após Maranhão assumir: “agora é Zé pra cuidar da gente”. Ontem ele disse e eu vi na TV se o PSDB não lançasse candidato votaria em Maranhão. Sua filha foi nomeada para um cargo de confiança no DETRAN. Rui Carneiro foi conversar com Maranhão. Cícero conversa com Maranhão toda semana. Efraim também.
Estou aguardando alguns posicionamentos do nosso grupo, mas, não posso esconder minha insatisfação com João Gonçalves um traíra de linhagem pura.”diz Fábio Medeiros. “Como sou transparente e não faço nada escondido, continuo dizendo que NÃO ESTÁ DESCARTADA UMA ALIANÇA COM RICARDO” palavras do mesmo.
Afinal esse cidadão está serviço de quem, talvez o Deputado Rômulo Gouveia, de quem é afilhado possa dar a resposta. . Que coisa feia !

Não falarei mais em bordel, nem rendez-vous, e sim em “ lenocínio político”: prática de comércio ilícito de legendas partidárias. O termo “bordel” pode parecer impróprio. Lenocínio: prática de prostituição e exploração sexual havendo ou não mediação direta ou intuito de lucro.

Ninguém desconhece que a comercialização de pequenos partidos feitas por dirigentes negociarem as legendas é um ultraje a democracia e a dignidade política.

Francisco Barreto
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: enquanto a esquerda bate cabeça, a direita e a extrema-direita avançam na disputa pela PMJP

A menos que as duas mais recentes pesquisas eleitorais apresentem resultados equivocados (o que não seria novidade nenhuma) já se dão como certos dois fatos inerentes à Prefeitura de João…

Opinião: movimentação do Patriota coloca Bruno Cunha Lima no centro das atenções na disputa pela PMCG

Nas entrelinhas, a ‘recomendação’ da executiva estadual do Patriota na Paraíba para que o partido renuncie à candidatura própria em Campina Grande só beneficia um nome em especial – o…