A deputada federal Nilda Gondim (PMDB) falou hoje ao programa ‘Debate Sem Censura’, da Rádio Sanhauá, e destacou as reivindicações por ações que amenizem os problemas causados pela seca no semiárido paraibano.

Segundo ela, a bancada paraibana na Câmara Federal está unida para ajudar os paraibanos e vão pedir à presidente Dilma Rousseff que o Governo tome providências concretas. “Com toda a bancada unida, nós vamos conseguir o nosso objetivo que é ajudar as pessoas que tem sofrido tanto”, enfatizou.

 

O deputado Wilson Filho também falou sobre a importância das reivindicações. Ele disse que a reunião da bancada tratou das necessidades dos paraibanos e destacou que a Paraíba é o Estado que mais sofre com a seca que assola o Nordeste. Wilson Filho destacou que o problema é ainda maior e mais preocupante, pois os reservatórios estão quase vazios e os que ainda tem água não sustentam o abastecimento por muito tempo, assinalou o parlamentar.

 

Wilson filho afirmou que a bancada solicita da presidente Dilma a concessão de um pacote de ações que diminua as dificuldades e o sofrimento dos paraibanos. Na lista de reivindicações está a perfuração de poços artesianos e melhor distribuição de milho pela Conab. O deputado justificou que em todo o Estado há menos de um poço por município, “são 200 em toda a Paraíba”. Ele finalizou dizendo que não é justo que os criadores percam mais com a seca, já que perderam parte do gado com fome e sede.

Agência Paraibana de Informação – AGI

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ministra Rosa Weber mantém prazo para filiação partidária

A Ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu pedido liminar de suspensão do prazo fatal para filiações partidárias por causa da pandemia do coronavírus e manteve o…

Ana Cláudia comenta medidas de isolamento social, reabertura do comércio em CG e o processo eleitoral

A Secretária de Estado do Desenvolvimento e Articulação Municipal e pré-candidata a prefeitura de Campina Grande, Ana Claudia Vital, em entrevista ontem (02) a uma emissora de rádio, reforçou as…