Por pbagora.com.br

A bancada que dá sustentação ao Governo Luciano Cartaxo na Câmara Municipal de João Pessoa reagiu ao pedido do vereador Lucas de Brito (DEM), que integra a bancada de oposição, para ouvir às denúncias o deputado federal Manoel Júnior (PMDB), contra o prefeito Luciano Cartaxo (PT).

Essa semana, durante entrevista a uma emissora de rádio, Júnior elencou alguns erros da gestão petista na Capital e as declarações acabaram aguçando a curiosidade da oposição na Casa de Napoleão Laureano.

Diante do requerimento, um embate entre as duas bancadas foi formado e, como são maioria, derrubaram o pedido do oposicionista para ouvir o parlamentar federal.

Apesar de ser do mesmo partido que Manoel Júnior, o vereador Fernando Milanez, que integra a base de situação, disse que não havia a necessidade de ouvir o correligionário.

“Não vejo sentido em trazer o deputado que tem que prestar contas de seu mandato em Brasília. Ele tem muitos problemas para resolver por lá”, disse.

Já o vereador Benilton Lucena (PT) atribuiu o pedido do vereador Lucas de Britto ao fato de Manoel Júnior ser pré-candidato a prefeito de João Pessoa. “Estão querendo antecipar os debates que estão por vir em 2016, querendo rebaixar o prefeito. Enquanto ele reclama, Cartaxo inaugura obras em João Pessoa”, disse.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise – A ideia de Ricardo Barbosa é muito boa e deveria ser adotada em território nacional

A ideia do deputado estadual Ricardo Barbosa, de impor restrições de direitos àqueles que não tomarem a vacina contra o coronavírus é ótima. Das melhores, dentre tantas outras que vieram…

Opinião: a maldade das fake news implantadas por Bolsonaro, a vacina e a luta pela vida de Maranhão

“O senador José Maranhão (MDB) faleceu”. Essa “fantasia” maléfica hoje chamada de fake news é um exemplo clássico das notícias falsas, em bom português. E a do emedebista causou dor…