O secretário de Articulação Política do Governo Luciano Cartaxo, em João Pessoa, Zennedy Bezerra, que também é o presidente estadual do PMN na Paraíba negou, nesta sexta-feira (22), que seu partido estivesse articulando um manifesto para apoiar as candidaturas a deputados estaduais de nomes que não fossem da agremiação.

O ‘recado’ recai justamente no irmão do prefeito Luciano Cartaxo, o gêmeo, Lucélio Cartaxo, que preside o PSD em João Pessoa e já anunciou que vai para disputa proporcional em 2018.

“Onde já se viu um partido lançar manifesto apoiando o candidato de outro partido? Isso é boato, não existe na política. Garanto que ninguém ouviu isso de mim ou de nenhuma liderança do partido”, avisou.

O dirigente garantiu que trabalha para ampliar os espaços do PMN em 2018, tanto para disputa pela Assembleia, quanto pela disputa à Câmara Federal.
O PMN integra o arco de alianças que dá sustentação ao Governo Cartaxo na Capital.

Depois da resposta, Zennedy minimizou a polêmica e aproveitou para elogiar o desempenho de Lucélio na política.
“Ele tem força própria e, com certeza, será um grande parlamentar”, arrematou.

A entrevista do secretário foi veiculada na Rádio Arapuan FM, durante o programa Rádio Verdade.

 

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Gervásio diz que PEC da 2ª instância é inconstitucional

Durante discurso na Câmara dos Deputados, o deputado federal Gervásio Maia, vice-líder das oposições, afirmou que a PEC (Proposta de Emenda à Constituição), que tramita atualmente na CCJ da Casa,…

Cícero bate martelo e confirma que está fora da disputa de 2020

Com o nome em evidência dentro do ninho tucano mesmo antes e principalmente agora, após absolvição no caso Confraria, o ex-senador Cícero Lucena (PSDB) reforçou, durante entrevista a uma emissora…