Um novo pedido de impeachment contra a prefeita do Conde, Márcia Lucena, foi protocolado na Câmara Municipal da cidade e aprovado pelos vereadores por seis votos a três.

De acordo com o autor do novo pedido, Júlio Mafra, que mora na cidade do Litoral Sul, ele se baseou na falta de decoro da gestora. Ainda segundo ele, Márcia não poderia estar cumprindo medidas cautelares e à frente da Prefeitura ao mesmo tempo, já que as atividades inerentes do seu cargo pedem que ela possa entre outras coisas viajar para angariar recursos para o município.

“A justificativa é a falta de decoro da Prefeita. Como ela já foi envolvida no caso da Calvário e hoje ela está sob as medidas cautelares, não procede a gente ter uma Prefeita que não pode sair do município. Como é que ela vai poder viajar para conseguir recurso ou qualquer coisa do tipo sendo que ela está restrita dentro do nosso município?” questionou em entrevista a uma emissora de rádio da Capital.

Na sessão dessa segunda-feira (09) os parlamentares aceitaram o pedido de impeachment. Na mesma sessão foi instaura a comissão que deve analisar o pedido para ser posto em julgamento pela Casa e que será formada pelos vereadores: Pinta de Gurugi na presidência, Ricardo Pereira na relatoria e Juscelino Corrêa como membro.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Roberto Paulino deve disputar prefeitura de Guarabira com aval de Maranhão

Após o ex-governador Roberto Paulino declarar que pretende concorrer à prefeitura de Guarabira, cargo que já ocupou por 2 mandatos, o senador José Maranhão, líder do MDB na Paraíba, avalizou…

Gadelha critica ‘política arcaica’ protagonizada por Cartaxo em JP e cutuca gestor

Diferentemente do presidente estadual do PSC, Marcondes Gadelha, que teceu elogios ao prefeito Luciano Cartaxo (PV), mesmo optando por não seguir com o gestor na campanha eleitoral que se avizinha…