A Paraíba o tempo todo  |
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Audiência de Nadja Palitot começa às 9 horas e suplente promete revelar “bomba” contra Ricardo Coutinho

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Em depoimento a ser prestado ao juiz Aluízio Bezerra, da 64ª Zona Eleitoral da Capital, nesta quarta-feira, a advogada Nadja Palitot, ex-vereadora e suplente de deputado estadual pelo PSB, vai apresentar uma prova que ela considera um “antecedente extremamente grave” em relação ao prefeito Ricardo Coutinho.

Em mãos com um exemplar do jornal O Norte, do ano 2001, Nadja vai tentar provar que a atual acusação de que Ricardo Coutinho ou pessoas ligadas a ele teriam fraudado uma ata do PSB não pode ser desacreditada, já que denúncia anterior indicava igual procedimento por parte do então deputado do PT.

Segundo a matéria de O Norte, durante convenção do PT, o ex-deputado estadual Ricardo Coutinho foi alvo de uma acusação inusitada: teria fraudado documentos do partido, para tirar proveito dos conflitos internos entre as várias correntes do partido.

Para a ex-vereadora e suplente de deputado, não houve nenhuma surpresa em notícia recente, dando conta de que a direção estadual do PSB teria fraudado uma ata, de forma que prejudicasse as intenções de Guilherme Almeida assumir a Secretaria de Interiorização do Estado, diante dos antecedentes na vida pública de Ricardo Coutinho, seu desafeto pessoal. 

 PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe