Por pbagora.com.br

A suposta nota divulgada à imprensa dando conta que os vereadores da Câmara Municipal de Bayeux estariam se negando a dar posse ao prefeito afastado Berg Lima é falsa. A informação foi dada pela assessoria do parlamento. 

De acordo com o órgão, o texto teria sido distribuído nas redes sociais por um eleitor que assistiu a uma sessão na Casa e transcrito um trecho das conversas entre os parlamentares, que ficaram sabendo da decisão judicial apenas pela imprensa, uma vez que nenhum ofício foi encaminhado à câmara.

A assessoria ainda contou que deve entrar em contato com o presidente da câmara, Adriano da Silva Nascimento, popularmente como Adriano do Táxi, para definir qual será a posição da casa. 

MANDADO DE SEGURANÇA

Apesar da informação da assessoria, o vereador licenciado de Bayeux, Adriano Martins (MDB), entrou com mandado de segurança na comarca do município, logo após decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) para impedir que os vereadores dêem posse ao prefeiro afastado, Berg Lima. O vereador alega que Berg foi condenado na 4ª Vara em uma Ação Civil Publica na qual foi condenado por improbidade administrativa.

“Se a decisão cautelar foi mantida na sentença procedente, não há que se falar em posse do prefeito afastado por corrupção. Desta forma, requer a V.Exa. a concessão da liminar para impedir que o presidente da Câmara de Vereadores dê posse ao prefeito afastado ou que o próprio prefeito se invista, novamente, na titularidade do mandato sob pena de multa a ser imposta”, diz o mandado de segurança.

 

Redação 

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Assintomático: Dória testa positivo para covid-19

O governador de São Paulo, João Doria, está com covid-19. O vice-governador, Rodrigo Garcia, fez a comunicação oficial no início da tarde de hoje (12) em coletiva de imprensa para…

ANÁLISE – Começa o jogo sujo: (ouça) áudios atribuídos à bandidagem sugerem uma armação contra Nilvan Ferreira

Começa o jogo sujo da campanha. Pelo menos ao que tudo indica… A coisa tem contornos de armação contra a pré-candidatura do comunicador Nilvan Ferreira (MDB): A coluna recebeu, nesta…