Em meio ao silêncio quanto a polêmica envolvendo destinação de emendas para PE, assessor diz que Damião Feliciano não irá para secretaria de saúde da PB 

 

 

Em meio ao silêncio do deputado federal Damião Feliciano (PDT), que não soube explicar os motivos de ter beneficiado o Estado de Pernambuco com uma emenda individual no valor de R$ 100 mil, fato que provocou grande polêmica na Paraíba. Conforme o espelho das emendas do parlamentar, a instituição beneficiada com os recursos é uma escola pública do Bairro de Boa Viagem, em Recife/PE.
 

Um assessor de Damião que preferiu o anonimato disse com exclusividade ao PB Agora,nesta quarta-feira (1), que não é intenção de Damião ocupar um cargo no primeiro escalão do futuro governo Ricardo Coutinho (PSB), conforme se especulou na imprensa de que Feliciano poderia vir a ser indicado para comandar os destinos da saúde na Paraíba.
 

“Essa historia não existe, Damião não quer ocupar uma pasta no Governo Ricardo, ele não pensa nisso”, disso o assessor.Outro ponto levantado pelo “amigo” do parlamentar, diz respeito a questão partidária.
 

“O PDT dispõe de poucas cadeiras no Congresso Nacional, Damião é tido como um grande articulador nas votações e o presidente Carlos Lupi conta com ele em Brasília”, ratificou.
 

Um ponto não pode ser questionado em tal conjuntura, é o de que se tais declarações foram feitas após uma negativa do grupo socialista, ante o mal estar causado em decorrência do episódio, ou se Damião estaria tentando valorizar o “passe” com o governador Ricardo Coutinho.
 

PB Agora
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dra. Paula não consegue licença médica de 121 dias e Jane Panta não assume

A junta médica da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), frustrou os planos da suplente Jane Panta (Progressistas) de assumir a cadeira da deputada titular Dra. Paula (Progressistas) que havia solicitado…

Opinião: Eliza estimula suicídio e recrimina discussão sobre violência contra mulher

O cuidado quando se escreve sobre algo ou alguém requer, antes de tudo, certa parcialidade, pois entendo que ser imparcial por completo é algo fantasioso e humanamente impossível de ser…