A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, por unanimidade, durante a sessão ordinária desta terça-feira (11), o Projeto de Resolução 63/2019, de autoria do deputado Ricardo Barbosa, que concede a Medalha Epitácio Pessoa ao presidente da ALPB, o deputado Adriano Galdino.

O autor da propositura, Ricardo Barbosa, justificou que Adriano Galdino é autor de uma vida admirável, próspera e de muita luta pessoal, sempre em favor do povo paraibano. O parlamentar disse estar honrado em apresentar a matéria ao plenário. “Ao lado da felicidade que guardo por ter sido o autor, tenho o igual contentamento por ter merecimento de toda a repercussão amplamente divulgada com elogios ao trabalho competente, que o senhor vem fazendo no comando desta Casa”, destacou Barbosa.

O deputado Branco Mendes classificou como justa a homenagem prestada ao presidente pelo trabalho que desempenha à frente da Assembleia e a dedicação que tem à Casa. Já o  deputado Cabo Gilberto fez questão de destacar que o presidente Adriano Galdino conduz o Poder Legislativo paraibano de forma leal.

Para Walber Virgolino, além de conduzir a Casa de forma democrática, o presidente Adriano Galdino busca nos debates manter o equilíbrio entre as bancadas de situação e oposição. “Adriano sabe cumprir com suas obrigações, cumprir com seus compromissos e eu me sinto muito bem representado e a vontade nesta Casa. A Assembleia só tende a crescer, assim como, o trabalho do Legislativo. Parabéns ao presidente pela honraria”, disse Walber.

“Uma condução serena e sempre buscando isenção”. Foi desta forma que o deputado Raniery Paulino avaliou a gestão do presidente Adriano Galdino. Segundo o parlamentar, Adriano aparece atualmente como uma das maiores lideranças políticas do estado e assegura o clima de harmonia no parlamento. “Essa Assembleia tem se comportado internamente de forma respeitosa e buscando entendimentos. Esse clima é muito em virtude da eleição de Adriano Galdino”, declarou Raniery.

Os deputados Júnior Araújo e Inácio Falcão também parabenizaram o presidente Adriano pela homenagem e destacaram sua lealdade, competência e seriedade à frente do Legislativo.

Ainda durante a sessão, os deputados rejeitaram o veto 19/2019, de autoria do Governo do Estado, ao Projeto de Lei 13/2019, de autoria do deputado Delegado Wallber Virgolino, que estabelece prioridade a realização de procedimento cirúrgico e estético reparador, quando o dano físico necessite, para mulheres vítimas de violência doméstica.

 

Assessoria

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereadora da capital é ameaçada de morte pelas redes sociais e Câmara vai acionar PF

As redes sociais são espaços valiosos para difundir propostas e ideias, mas também do lado negativo, também reflete opiniões raivosas. É nesse último caso o que ocorreu nesta terça-feira (17),…

Especialista contradiz Cartaxo sobre funcionalidade da drenagem da Barreira

Apesar do prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PV) ter recentemente visitado os trabalhos de drenagem na barreira do Cabo Branco, que estão sendo realizados pela prefeitura, com recursos próprios…