Depois de se reunir na noite desta sexta-feira (30) com o senador Tião Viana (PT-AC), o senador Arthur Virgílio (AM), líder do PSDB, afirmou que o candidato petista à Presidência do Senado deverá receber os votos de 12 dos 13 senadores do partido. Ele ainda espera convencer o senador Papaléo Paes (PSDB-AP) a votar em Tião Viana. Papaléo já declarou publicamente que seu voto será do senador José Sarney (PMDB-AP) – os dois são eleitos pelo Amapá.

– Com a decisão do PSDB de votar em Tião Viana, a sua candidatura agora é totalmente viável. Além disso, a opinião pública começou a se manifestar por entender que Tião Viana significa renovação. Está havendo um retorno para a candidatura de Tião Viana de senadores que haviam se direcionado para o senador José Sarney. Há agora um efeito manada ao contrário – disse Virgílio.

Este foi o primeiro encontro dos dois depois que o PSDB decidiu apoiar o candidato petista.
 

 

Agência Senado

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputada estadual exonera assessor acusado de assédio

A deputada estadual Doutora Paula (PP) exonerou um de seus assessores, após ele ser acusado de assédio sexual e de divulgar nas redes um vídeo íntimo da mulher assediada. O…

“Triste e lamentável”, define Hervázio sobre participação de presidente nacional do PSB no imbróglio da sigla na PB

O impasse interno no PSB da Paraíba, que ainda não foi resolvido, parece ter piorado após a “intervenção” do presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira. Com autoridade para resolver o…