O governador interino da Paraíba, deputado Arhtur Cunha Lima (PSDB), declarou na tarde desta quarta-feira (18) que a Assembléia Legislativa da Paraíba está desobrigada a dar posse ao senador José Maranhão (PMDB) enquanto ele não oficializar pedido de renúncia no Senado Federal.

Ele apresentou comunicado da secretária-geral da Mesa do Senado, Cláudia Lira, alegando que a renúncia tem que ser lida em plenário e publicada no Diário Legislativo do Senado para fins de eficácia. “E o Diário só sai nesta quinta, portanto, a Assembléia não está obrigada a dar posse a Maranhão hoje”, declarou Arthur.

Ele disse ainda que entrou em contato com o presidente do TRE, desembargador Nilo Ramalho, que resumiu: “Só pode tomar posse se reunciar”.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid-19: prefeito Zenóbio Toscano segue internado e quadro de saúde é estável

Afastado da prefeitura de Guarabira desde o mês de maio de 2019 para se recuperar de um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI), o prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) segue internado, após…

Veneziano consegue 40 respiradores para CG e JP, junto ao Ministério da Saúde

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) conseguiu viabilizar, junto ao Ministério da Saúde, a destinação de 40 respiradores mecânicos para a Paraíba, sendo que 20 serão para Campina Grande…