Na noite desta terça-feira (26), a Câmara Municipal da cidade de Montadas, no Agreste paraibano decidiu arquivar, por 5 votos a 3, a denúncia contra o vereador Sebastião da Costa (PSB), que postou em uma rede social um vídeo em que aparece se masturbando dentro de uma escola estadual.

O vereador se explicou dizendo que não sabia que o vídeo estava sendo publicado e alegou que pessoas ligadas à oposição estriam querendo denegrir sua imagem no município. O parlamentar está no segundo mandato como vereador.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nem Bruno nem Tovar: Enivaldo defende o neto, Lucas Ribeiro, para disputar PMCG

Se depender do atual vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro (PP), o candidato escolhido para sucessão municipal em Campina Grande não seria nem Bruno Cunha Lima, do PSD,  nem Tovar…

Opinião: Cícero, a pré-candidatura e a antecipação de propostas de gestão para o novo normal

De direito, Cícero Lucena (Progressitas) é pré-candidato à sucessão de Luciano Cartaxo na Prefeitura de João Pessoa. De fato, é candidatíssimo, além de páreo duro para qualquer um. O “Caboclinho”…