Por pbagora.com.br

Após os vereadores de Cabedelo aprovar por unanimidade a cassação dos direitos políticos do ex-prefeito Leto Viana, a defesa do ex-gestor declarou que vai acionar a Câmara Municipal a Justiça. Os parlamentares decidiram por tonar Leto Viana inelegível por oito anos, durante sessão realizada nessa sexta-feira (23)

O advogado de Leto, Jovelino Delgado, não participou da sessão, mas contestou a decisão dos vereadores. Para a defesa, a cassação é ilegal, já que ultrapassou o tempo estabelecido para o funcionamento da comissão processante, que seria até o dia 18 de outubro.

Para Jovelino, tudo não passou de uma "orquestração política presente no legislativo cabedelense". A defesa tentará na Justiça a anulação da votação.

 

PB Agora

 

 

Notícias relacionadas

Sem unidade, esquerda pode ficar fora do 2º turno em 2022

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores na Paraíba, Jackson Macedo, disse em entrevista a imprensa que os partidos do chamado campo democrático podem ficar de fora de um possível…

PMJP autoriza aulas presenciais do Ensino Fundamental II e apresentações musicais

A Prefeitura de João Pessoa publicou novo decreto na noite de ontem(18) no Semanário Oficial. As novas medidas de enfrentamento e prevenção à pandemia de Covid-19 serão válidas desta segunda-feira…