A Paraíba o tempo todo  |

Após reunião, Temer diz que Kassab é bem vindo no PMDB

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), recebeu na tarde desta quarta-feira (5) em seu gabinete o presidente licenciado do PMDB e vice-presidente da República, Michel Temer, e o ministro da Agricultura, Wagner Rossi, também do PMDB.

Após reunião, Temer diz que Kassab ‘pode ser candidato a qualquer coisa’

Temer e Kassab disseram que a visita foi apenas protocolar – a primeira após ele assumir o cargo. O peemedebista afirmou que não tratou com Kassab de política, mas deixou claro que o prefeito será muito bem recebido no PMDB caso deseje mudar de partido. Kassab afirmou que por enquanto está envolvido apenas na convenção do DEM, marcada para o dia 15 de março.

"Não tratamos hoje, mas quero dizer desde logo que ele será muito bem-vindo e bem recebido por todos os peemedebistas de São Paulo e de todo o país. Toda a vez que eu falo da possibilidade de o prefeito Gilberto Kassab vir para o PMDB, eu só recebo aplausos. Ele é candidato para qualquer coisa no país", disse Temer.

"O PMDB é um grande partido, que ajudou a consolidar a democracia no país. Mas não é o que está sendo discutido agora. O que está sendo discutido agora é o papel nosso na convenção do DEM em março e aqui nessa reunião foi uma visita protocolar muito gratificante, muito importante para a cidade de São Paulo, e vou procurar, a partir dela, desenvolver estudos e projetos que possam ser desenvolvidos em cooperação com o governo federal", disse Kassab.

Kassab se aproxima do PMDB, que recentemente o ajudou na eleição do presidente da Câmara de São Paulo, o tucano José Police Neto. "Foi o prestígio do prefeito", disse Temer.

Temer disse que a presidente Dilma Rousseff quer receber Kassab em Brasília. "A visita hoje é protocolar, embora eu seja amigo do prefeito Gilberto Kassab e nós nos encontramos muitas vezes informalmente. Ainda trouxe abraço da nossa presidente Dilma Roussef e notícia de que ela também quer ter um encontro com o prefeito Gilberto Kassab em Brasília e colocar a União Federal à disposição do município de São Paulo. Tratamos longamente desse assunto e verifiquei a recepetividade do prefeito", afirmou o peemedebista.
 

G1

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe