Por pbagora.com.br

Em um desabafo, o ex-prefeito de Picuí, e ex-presidente da Federação de Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Buba Germano (PSB), explicou os motivos que o levaram a romper com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), e seguir as orientações políticas do governador Ricardo Coutinho (PSB), que disputará à reeleição.

Em polêmica entrevista concedida a Correio FM em Campina Grande, Buba Germano disse que Cássio foi ingrato, visto que não se prestou a dá solidariedade a um amigo que lhe foi leal por mais de 20 anos. “Eu não tive a solidariedade do partido que prestei serviço por mais de 20 anos" lamentou.

Buba Germano, reafirmou que optou por apoiar o PSB justaente por não ter recebido a solidariedade necessária dos tucanos. Ele alegou que votou pelo projeto do atual governador, Ricardo Coutinho, justamente por pedido do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), em 2010.

– Continuo com o mesmo espírito de 2010, quando quis ser candidato e naquele momento pessoas nos orientaram e galgarmos êxito com essa alternativa. Não tive a solidariedade do partido que prestei serviço por mais de 20 anos – lamentou Buba Germano também garantiu que a deputada Gilma Germano (PPS), vai apoiar à reeleição de Ricardo Coutinho. 

Ele também ressaltou que a gestão de Ricardo Coutinho fez mais por sua cidade que a de Cássio Cunha Lima, mas que essa conclusão se dá por números e não por interesses políticos.

 

PBAgora

Notícias relacionadas

Gestão Luciene de Fofinho comprou 12 mil testes para covid pelo triplo do preço

A gestão da prefeita de Bayeux Luciene de Fofinho (PDT) está mais uma vez no radar do Ministério Público da Paraíba (MPPB). Desta vez, o órgão ministerial investiga a suspeita…

Câmara aprova substitutivo de Efraim Filho para salvar micro e pequenas empresas

O Congresso Nacional aprovou o substitutivo do deputado Efraim Filho (DEM/PB) ao PLN 2/21, do Poder Executivo, que permitirá mudanças na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) em vigor. “A expectativa…