Por pbagora.com.br

Depois de ter atacado, em sua página no facebook, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), o coordenador do Orçamento Democrático da Sexta Região (Patos)  foi "respondido" com a exoneração do posto que ocupava no Estado, numa rápida ação do governador Ricardo Coutinho (PSB) para evitar mais um mal estar com seu maior aliado político, incentivado pelos "cassistas" a lançar uma candidatura própria em 2014.

A demissão foi publicada na edição desta quarta-feira (11) do Diário Oficial. Nas redes sociais, Wendell Oliveira se mostrou indignado com a festa e os afagos do ex-deputado Dinaldo Wanderley ao senador, na última sexta, em Patos. Na ocasião, Oliveira comparou todos os cassistas a “cachorros e urubus” com os quais Ricardo teria que se aliar pelas circunstâncias do “mar de lama da política”.

Depois do episódio, o secretário chefe do Governo do Estado, Walter Aguiar, censurou as críticas do então coordenador e teria prometido providências.
As providências foram tomadas e a exoneração publicada. Agora, a resposta do Governo serve como uma lição pedagógica para quem quiser correr o risco de voltar a se manifestar grosseiramente contra os agentes políticos da Paraíba.

 

 ""

Redação

Notícias relacionadas

Wilson Santiago quer visita de técnicos do MS à PB para tratar do Lacen de Sousa

O deputado federal Wilson Santiago (PTB) deu mais um passo na luta pela instalação de uma unidade do Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (LACEN), que deverá funcionar na…

Maioria do STF mantém suspensão das condenações de Lula na Lava-Jato

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter a suspensão dos processos relacionados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que tramitavam na 13ª Vara Federal de…