O Partido Socialista Brasileiro deverá perder três nomes de peso devido a disputa interna pelo comando do partido, e que colocaram o governador João Azevedo e o ex governador Ricardo Coutinho em trincheiras diferentes.
Depois do presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Adriano Galdino, agora foi a vez do deputado licenciado, Hervázio Bezerra, anunciar a sua pretensão de deixar a sigla.

Hervázio garantiu que o governador da Paraíba, João Azevêdo também deve mudar de partido, devido aos problemas que ocorrem na legenda desde a dissolução do diretório estadual pela executiva nacional. Hervázio afirmou que as lideranças ligadas a João perderam a confiança no presidente nacional, Carlos Siqueira.

Em relação ao ex-governador, Ricardo Coutinho, o deputado chegou a dizer que tem uma dívida impagável, mas que não pode pagar com “o sacrifício de muitos amigos pelo Estado afora”.
Para ele o episódio envolvendo Edvaldo Rosas foi uma intervenção grosseira e desatenciosa e o defendeu dizendo que se Ricardo queria comandar o partido era só dizer, não precisava utilizar da forma para tirar o comando de um amigo de mais de 20 anos.
Recentemente o deputado Adriano Galdino comunicou que está apenas esperando a janela se abrir para mudar de legenda.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mudanças de partidos modificam mapa geopolítico na Paraíba

Os prazos finais para as mudanças de partido, as chamadas janelas partidárias, para os candidatos as eleições deste ano, foram encerrados na última sexta-feira, visto que mesmo com a pandemia…

Galdino não descarta nova suspensão das atividades na ALPB: “Vamos acompanhar o Governo”

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, nesse fim de semana, não descartou a possibilidade de ampliar o prazo de suspensão das atividades presenciais. A Assembleia também…