As declarações do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), na tarde desta sexta-feira (21), em entrevista a uma emissora de rádio, elogiando o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, à presidência da República, geraram repercussão e desdobramentos tanto negativos quanto positivos. Depois do candidato do Avante, à Câmara Federal, Emerson Machado, o Môfi, criticar a postura do tucano, o vice-presidente nacional do PSL, também candidato a deputado federal, Juliam Lemos, diferentemente, aprovou a atitude.

Segundo o dirigente, que é homem da confiança de Bolsonaro, Cássio agiu de forma decente, oposta de outros políticos no Estado.

 “Enquanto uns fazem a política do muro baixo ao defender um bandido condenado pela justiça (Lula), Cássio demonstra sensibilidade, equilíbro e sensatez ao criticar a política equivocada de Geraldo Alckmin contra Jair Bolsonaro. Apesar de pensar diferente, Cássio respeita os adversários e sabe reconhecer o sentimento da população. Fica claro a diferença de um democrata para um persegueidor e arrogante”, disparou.

Julian, por sua vez não poupou críticas ao presidenciável, Geraldo Alckmin. Ele disse que o comportamento do ex-governador de São Paulo, nessa campanha, tem sido revoltante, com mentiras e calúnais que não surtem efeito porque a população conhece o caráter de Jair Bolsonaro.

“Ao criticar o futuro presidente do Brasil, Alckmin determina o seu ocaso político e confirma a sua insignificância. Ele tem mentido, manipulado e distorcido fatos, semeado o medo e partido para a baixaria que ele próprio diz combater. É vergonhoso, asqueroso e revoltante. Nada disso tem surtido efeito porque o povo sabe quem é Jair Bolsonaro e pelo que ele luta. Parabéns a Cássio por se distanciar deste tipo de postura que envergonha o Brasil”, ressaltou.

LEIA TAMBÉM

Cássio destaca representação de Bolsonaro e rechaça ataques do PSDB a campanha do PSL

 

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ex-presidente do PSL/SE acusa Julian de integrar complô na sigla e trair Bolsonaro: “Hoje ele trabalha contra o presidente”

Em entrevista bombástica concedida ao programa Arapuan Verdade, na tarde desta terça-feira (22), o ex-presidente do PSL de Sergipe, João Tarantela acusou o deputado federal paraibano, Julian Lemos (PSL) de…

Dra. Paula não consegue licença médica de 121 dias e Jane Panta não assume

A junta médica da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), frustrou os planos da suplente Jane Panta (Progressistas) de assumir a cadeira da deputada titular Dra. Paula (Progressistas) que havia solicitado…