Por pbagora.com.br

As declarações do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), na tarde desta sexta-feira (21), em entrevista a uma emissora de rádio, elogiando o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, à presidência da República, geraram repercussão e desdobramentos tanto negativos quanto positivos. Depois do candidato do Avante, à Câmara Federal, Emerson Machado, o Môfi, criticar a postura do tucano, o vice-presidente nacional do PSL, também candidato a deputado federal, Juliam Lemos, diferentemente, aprovou a atitude.

Segundo o dirigente, que é homem da confiança de Bolsonaro, Cássio agiu de forma decente, oposta de outros políticos no Estado.

 “Enquanto uns fazem a política do muro baixo ao defender um bandido condenado pela justiça (Lula), Cássio demonstra sensibilidade, equilíbro e sensatez ao criticar a política equivocada de Geraldo Alckmin contra Jair Bolsonaro. Apesar de pensar diferente, Cássio respeita os adversários e sabe reconhecer o sentimento da população. Fica claro a diferença de um democrata para um persegueidor e arrogante”, disparou.

Julian, por sua vez não poupou críticas ao presidenciável, Geraldo Alckmin. Ele disse que o comportamento do ex-governador de São Paulo, nessa campanha, tem sido revoltante, com mentiras e calúnais que não surtem efeito porque a população conhece o caráter de Jair Bolsonaro.

“Ao criticar o futuro presidente do Brasil, Alckmin determina o seu ocaso político e confirma a sua insignificância. Ele tem mentido, manipulado e distorcido fatos, semeado o medo e partido para a baixaria que ele próprio diz combater. É vergonhoso, asqueroso e revoltante. Nada disso tem surtido efeito porque o povo sabe quem é Jair Bolsonaro e pelo que ele luta. Parabéns a Cássio por se distanciar deste tipo de postura que envergonha o Brasil”, ressaltou.

LEIA TAMBÉM

Cássio destaca representação de Bolsonaro e rechaça ataques do PSDB a campanha do PSL

 

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Berg comemora decisão do STJ que anula vídeo e diz que foi alvo de conspiração

STJ anula processo no qual o ex-prefeito Berg Lima é filmado recebendo dinheiro de um empresário Em vídeo postado nas redes sociais, o ex-prefeito de Bayeux, Berg Lima, disse estar…

Opinião: derrotado na estratégia para sucessão, Cartaxo mira em 2022 para não “sumir”

Eu toco em um tema, na coluna de hoje, naquilo que já vem sendo discutido nos meios políticos há muito, em especial na cidade de João Pessoa. A postura dúbia…