Por pbagora.com.br

Nelson Gomes surpreende e afirma que não quer mais ser presidente da Casa Félix Araújo

Desprendimento, renúncia, ou desencanto com o poder? Exercendo o seu terceiro mandato sendo que o segundo na presidência da Câmara de Vereadores de Campina Grande, o vereador Nelson Gomes (PRP), fez uma declaração surpreendente.

Em entrevista à Rádio Correio FM, Nelson disse que não pretende mais ser presidente da Casa Félix Araújo, mesmo tendo direito de pleitear novamente o cargo. O vereador não revelou os motivos que o levaram a desistir de disputar pela terceira vez o cargo mais importante do Legislativo campinense.

Mesmo admitindo a possibilidade de abdicar das regalias que a cadeira de presidente oferece, Nelson não se manifestou contrário a decisão da Casa de antecipar as eleições para presidente. Essa prática comum em algumas casas legislativas tem sido repudiada pela população. Nelson afirmou que se a maioria dos vereadores decidir antecipar a eleição para a nova presidência, ele estará de acordo.

– Se os companheiros tiverem o mesmo pensamento e a maioria chegar a um consenso, eu sou favorável, sem nenhum problema. Eu não quero mais ser presidente da Casa Félix Araújo, apesar de ter direito a mais uma candidatura, até porque já dei minha contribuição – afirmou o vereador.

Em relação aos futuros projetos políticos, ele disse que é mesmo pré-candidato a deputado estadual. O sonho de chegar a Casa de Epitácio Pessoa, talvez tenha feito Nelson esquecer de brigar pela cadeira de presidente na Casa de Felix Araújo.

Ele revelou que, em reuniões com parlamentares da Casa Félix de Araújo, estão sendo discutidas possíveis candidaturas de alguns vereadores à Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), inclusive a do próprio presidente. Nelson disse ainda que não está definido nenhum apoio dele a candidatos ao governo do Estado, porém desde muito tempo tem acompanhado o grupo político do senador Cássio Cunha Lima, e desta vez não seria diferente.

– A decisão de ser ou não candidato é do próprio Cássio, e isto ele só poderá decidir em janeiro. Eu priorizo no arco de aliança o contato com o senador – finalizou.

 

PBAgora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Esse é o momento em que se deve ter espírito público” diz Aguinaldo sobre priorização da reforma Tributária

O deputado federal e relator da reforma Tributária, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas), defendeu, durante entrevista à CNN na noite dessa quinta-feira (26), um direcionamento por parte do governo federal para que…

Opinião: como Bolsonaro, Nilvan perde discurso e não tem o “Bolsa Covid” beneficiando-o nas pesquisas eleitorais

O “Triste fim de Policarpo Quaresma”, que foi ao público em (1915), é considerada a obra-prima do escritor Lima Barreto. Em linhas gerais, o romance traça o destino tragicômico de…