A Paraíba o tempo todo  |

Após declaração, tucano revela que PSDB não pode descartar PSB

Após declaração de Sérgio Guerra, tucano revela que PSDB não pode descartar aliança com PSB em 2014 para se unir ao prefeito Veneziano

Mesmo o presidente nacional do PSDB tendo explicado que o elogio público a gestão de Veneziano Vital do Rego (PMDB) foi fruto de um equivoco, o vereador Inácio Falcão (PSDB) comentou o episódio e desmistificou que a declaração não poderia ser uma possível estratégia do PSDB da Paraíba para rachar com o Governo Ricardo Coutinho (PSB) em 2014.

Inácio Falcão disse que ainda não está de um todo satisfeito com a atuação do governador Ricardo Coutinho, mas ponderou: “Fizemos uma aliança com o PSB e conforme orientações do nosso líder maior Cássio Cunha Lima, essa conjuntura irá perdurar até 2014 quando da reeleição do governador Ricardo Coutinho”, desabafou.

“Fiquei surpreso com as declarações do meu presidente, mas achei salutar. O bom político reconhece os bons atos de qualquer gestor, bem como, deveremos criticar os maus atos de qualquer gestor. Apesar das divergências políticas entre PMDB e PSDB em Campina Grande e em nível de estado, eu creio que Sergio Guerra ver algo de positivo na gestão veneziano

Recentemente, Inácio Falcão se utilizou da mídia para demonstrar publicamente a insatisfação com o Governo do PSB e chegou a viajar para Brasília para pedir providências ao líder maior de Campina Grande, que é o senador Cássio Cunha Lima (PSDB). Inácio alegava que Ricardo Coutinho não estava contemplando a Rainha da Borborema na mesma proporção com que foi eleito.

Inácio afirmou que não sabia das obras feitas pelo governador Ricardo Coutinho em Campina Grande, até porque não havia nenhum tipo de placa indicadora informando se tratar de obras do Governo. “Essa semana estive nas Malvinas e vi que Ricardo mandou colocar a placa e lá está que o Estado investiu cerca de R$ 1 milhão em pavimentação de ruas”, frisou.

Apesar das divergências explícitas, Inácio descartou que o PSDB estaria articulando, ou até mesmo incentivando, em âmbito nacional, um racha com o PSB da Paraíba. Conforme o parlamentar, não existe possibilidade do PSDB e do PMDB de Campina Grande caminharem juntos nem em 2012 e tampouco em 2014, pois são dois partidos com metas e ideologias divergentes.

“Não existe a possibilidade de união entre o PSDB e o PMDB em Campina Grande, mas como diz o dito: em Política tudo pode acontecer. Agora é esperar para ver”, finalizou.

 

 

Simone Duarte / Márcia Dias

PB Agora
 

 

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe