Por pbagora.com.br

Em nota divulgada na noite de ontem, sábado (14), via WhatsApp, o secretário de Desenvolvimento Humano da Paraíba, Tibério Limeira, repudiou a informação  que de que ele havia sido preso.

Segundo o vereador licenciado, o conteúdo foi compartilhado via WhatsApp, neste sábado (14).

A informação divulgada era de que Tibério tinha sido preso porque teria sido flagrado fazendo compra de votos.

Confira a nota na íntegra

Nota de repúdio!

Acabo de ser surpreendido com uma série de disparos de fake news no whatsapp buscando sujar meu nome.

No texto buscam espalhar a mentira absurda de que eu teria sido preso fazendo compra de votos. Toda a população de João Pessoa conhece minha trajetória como figura pública, cidadão, pai e músico.

Inclusive, encontro-me com uma lesão no tornozelo que tem me mantido em casa nos últimos dias por ocasionar na redução da minha mobilidade.

Nessa reta final do primeiro turno o desespero toma conta de algumas candidaturas e pessoas sem escrúpulos que tentam sob todo custo atingir a imagem dos seus adversários.

Repúdio tal atitude, assim como qualquer tipo de fake news.

A verdade sempre vence. Antes de divulgar qualquer notícia, lembre de averiguar em veículos de imprensa confiáveis.

Sem mais, agradeço pela atenção.

Tibério Limeira

Vereador Licenciado e Secretário de Desenvolvimento Humano da Paraíba.

Tibério Limeira

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid-19 causa morte de Dráuzio Macêdo, sindicalista e assessor da CMJP

Morreu na noite de ontem, 02, o ex-sindicalista Dráuzio Rodrigues de Macêdo, de 53 anos, mais uma vitima da Covid-19. Ele trabalhava atualmente na Câmara Municipal de João Pessoa onde…

Wilson Filho lança revista detalhando sua atuação parlamentar na ALPB durante o primeiro biênio

O deputado estadual Wilson Filho (PTB) lançou nesta semana, nas plataformas digitais, revista que detalha a sua atuação na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) durante o primeiro biênio. <<<Confira aqui…