Por pbagora.com.br

Após passarem por audiência de custódia, Pietro Harley e o ex-presidente do PSB-PB, Edvaldo Rosas, tiveram suas prisões mantidas pela juíza Andrea Arcoverde. A audiência aconteceu na tarde desta quinta-feira (4).

Pietro e Rosas foram presos na manhã de hoje durante realização de nova fase da Operação Calvário. Eles foram conduzidos à Penitenciária Média Hitler Cantalice, a Média de Mangabeira, em João Pessoa.

O irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, mais uma vez alvo da operação e que já estava preso, continuará detido.

A Operação Calvário investiga desvios de recursos públicos na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho.

 

PB Agora