Por pbagora.com.br

O deputado federal Julian Lemos, do PSL da Paraíba, após entrevista ao portal ‘O Antagonista’ onde confirmou a reaproximação do partido com o governo de Jair Bolsonaro. Julien que até a campanha de 2018 e inicio de 2019, se autointitulava o ‘braço direito’ de Jair Bolsonaro no Nordeste, partiu um dia após essa entrevista a acusar os filhos do presidente da República Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro e o vereador carioca Carlos Bolsonaro de serem os responsáveis pelos perfis fakes excluídos recentemente pelas plataformas digitais Facebook e Instagram.

Na entrevista ao Antagonista Julian negou qualquer negociação de cargos com o Palácio do Planalto e disse que o partido continuará “com independência”. Lemos, que pertence à executiva nacional da legenda, também afirmou que o Planalto decidiu optar por essa reaproximação “porque a intenção de nos sufocar e nos aniquilar foi frustrada”.

Indagado sobre o que está levando o PSL a se reaproximar do governo Bolsonaro? Ele respondeu: “Primeiro, o PSL nunca esteve longe do governo, embora tenha sido tratado como adversário pelo próprio Planalto. Mas a gente nunca se distanciou do governo, até porque as pautas do governo vão ao encontro do compromisso inicial que nós tínhamos, quando o então candidato Bolsonaro veio para o PSL. Se você reparar, nunca saímos do lugar onde estávamos, nem sequer mudamos o nosso discurso. Quem mudou e passou a nos tratar como adversário foi o Planalto. E agora, em um momento de lucidez, ou por algum outro motivo que ainda não sabemos, o Planalto tenta voltar a ser o nosso aliado”, disse.

Bem a entrevista ao portal ‘O Antagonista’ se deu no dia 14 de julho, um dia após essa entrevista o deputado paraibano fez uso das suas redes sociais para relatar os responsáveis pelos perfis ‘fakes’ nas redes sociais que lhe fazem ataques contumazes, que segundo ele são os filhos do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro (RJ) e Eduardo Bolsonaro (SP). Veja os posts: https://twitter.com/JulianLemosopb1/status/1283384940927823873?s=20

“Contratei uma empresa para monitorar minhas redes e ataques ao meu nome, não deu outra, bingo! Os filhos do PR se acham acima do bem e do mal, são o que existe de mais doente. O único problema @CarlosBolsonaro e @BolsonaroSP é que eu não sou os outros”, disse Julian.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Acéfala, oposição na ALPB busca um líder para chamar de seu

Sem Raniery e sem Eduardo Carneiro, liderança já foi dispensada por Camila Toscano e Tovar Correia Lima Após o deputado Raniery Paulino (MDB), que atuava como líder da oposição na…

Ex-secretária Socorro Gadelha oficializa saída da gestão de Luciano Cartaxo

A secretária Socorro Gadelha pediu exoneração do cargo na manhã desta segunda-feira (04) ao prefeito Luciano Cartaxo. Gadelha deixa a pasta após Cartaxo anunciar a ex-secretária de Educação de João…