Presidente da Associação dos Procuradores do Estado da Paraíba (Aspas), Sanny Japiassú tomou uma decisão surpreendente, após se reunir com a família neste último final de semana. Ela vai comunicar à direção estadual do PMDB sua resolução de se desfiliar do partido, após mais de 25 anos de militância na legenda.

Na carta em que pede formalmente sua desfiliação partidária, Sanny Japiassú deixa claro que sua decisão não é motivada por qualquer desgaste dentro da legenda, mas sim pelo desejo pessoal de priorizar, neste momento de sua vida, seu trabalho frente à Aspas e à luta pela valorização da advocacia pública na Paraíba.

De acordo com a procuradora e líder classista, ao longo de quase três décadas de militância partidária, ela teve oportunidade de ampliar sua visão sobre a vida política e, principalmente, ter o privilégio de conhecer verdadeiros exemplos de homens públicos, baluartes do Estado e referências nacionais, como o senador Humberto Lucena, o governador Antônio Mariz e o poeta Ronaldo Cunha Lima.

Agradecendo pela oportunidade de convivência com estes e outros homens e mulheres públicos de grande valor, Sanny assegura ainda na carta que continuará, agora longe da vida partidária, com a mesma garra, determinação e espírito público em prol das causas dos Procuradores de Estado e da advocacia pública. Para ela, são bandeiras importantes, principalmente em favor de uma sociedade sedenta por justiça social, ética e compromisso com o serviço público de qualidade.

Redação com politicamaiscedo

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Wilson Santiago enaltece Troféu Gonzagão, o ‘Oscar do Nordeste’

O deputado federal Wilson Santiago (PTB) usou a tribuna da Câmara dos Deputados para enaltecer a realização de mais uma edição do Troféu Gonzagão, que visa a homenagem e valorização…

Após quatro meses no cargo, prefeito de Patos, Sales Jr renuncia mandato

No início da tarde desta terça-feira (20), o prefeito de Patos, Sales júnior, do PRB, comunicou a sua renúncia ao mandato. Sales estava no cargo desde abril deste ano, quando…