Ao ratificar a intenção de disputar as eleições como candidato a prefeito de Campina Grande, o empresário e presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Campina Grande, Artur Bolinha, declarou que, apesar de apoiar o governo Federal, não deverá seguir o presidente e se filiar ao Aliança pelo Brasil.

Bolinha ressaltou que foi muito bem recebido pelo PSL e que o partido possui muita similaridade ao que ele pensa.

“O partido possui muita similaridade ao que eu penso e por isso não há motivos para deixar o PSL, tendo em vista que a legenda comunga com o seu pensamento conservador e liberal”

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Aliados discordam de Cartaxo sobre critérios para escolha de candidato

Ao destacar que João Pessoa não pode voltar ao retrocesso e afirmar que o Partido Verde terá candidatura própria à prefeitura de João Pessoa neste ano, o prefeito da capital…

Romero declara que ainda não sabe se disputará novas eleições em 2022: “O tempo é quem dirá”

No último ano de seu mandato, e faltando menos de 12 meses para deixar o cargo, o prefeito Romero Rodrigues (PSD), já planeja o seu futuro político. Romero que antes…