Por pbagora.com.br

O prefeito da cidade de Uiraúna, João Bosco Fernandes (PSDB) segue preso mesmo após o STF ter determinado a sua soltura mediante o pagamento de fiança estipulada em R$ 522 mil.

A defesa do gestor alega que ele não tem condições financeiras de arcar com o valor estipulado e que a família e amigos estão realizando uma vaquinha para tentar arrecadar o montante.

João Bosco está preso desde o fim do ano passado e em Uiraúna, quando a decisão foi divulgada, apoiadores dele fizeram uma carreata na cidade.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mega sena sorteia prêmio de R$ 6,5 milhões neste sábado

Ninguém acertou os seis números do concurso 2.286 da Mega-Sena sorteados na última quarta-feira (5) na cidade de São Paulo. O prêmio estimado para o próximo concurso que acontece neste…

Em nota, Maranhão avisa que candidatura de Nilvan à PMJP é irrevogável

Após especulações de que o MDB poderia declinar da candidatura própria em João Pessoa para apoiar o nome da professora Edilma Freire, do PV, o senador José Maranhão, presidente estadual…