Por pbagora.com.br

Apenas seis, dos 15 vereadores eleitos em Cabedelo no pleito de 2016, escaparam da operação da Polícia Federal, realizada na manhã desta terça-feira (03), na cidade portuária e que ganhou, até mesmo, repercussão na mídia nacioal. 

Segundo informações divulgadas pela Ràdio CBN João Pessoa, passaram ilesos, ou seja, não foram atingidos pela suspeitas e acusações de corrupção os seguintes vereadores:  Vitor Hugo; Fabiana Régis; Josa Ribeiro; Moacir Dantas; Eudes Santos e Reinaldo Lima.

Como é o mais velho entre os que restaram, o vereador Moacir Dantas pode assumir, temporariamente, a presidência da Casa para convocar e empossar os suplentes e, imediatamente depois realizar uma sessão extraordinária para eleger uma nova Mesa Diretora. 

Caso haja demora, o MInistério Público poderá decretar a intervenção na cidade.

Na operação de hoje o prefeito Leto Viana e a esposa, a vereadora Jaqueline, figuraram entre os 11 detidos preventivamente pela suspeita de corrupção e fraude na administração municipal em um esquema que pode ter desviado milhões dos cofres públicos.

 

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Irmãos vão disputar mesmo cargo na CMJP: “O sol nasce para todos”

Uma disputa inusitada irá acontecer nas eleições deste ano para a Câmara Municipal de João Pessoa. É que disputando duas das 27 cadeiras da CMJP estarão dois irmãos: o atual…

Veneziano lembra Dia Nacional dos Deficientes Auditivos e destaca ampliação de medidas de acessibilidade

O Dia Nacional dos Surdos é comemorado no dia 26 de setembro e o senador licenciado Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) fez referência à data, ao lembrar que todos os…