Por pbagora.com.br

As regalias no Senado parecem alheias à crise que desemprega 12 milhões de brasileiros. Dos 81 senadores, apenas 16 não recebem auxílio-moradia ou não ocupam imóvel funcional – sendo que três deles são os senadores da bancada do Distrito Federal. Dentre esses 16, está o Senador Raimundo Lira (PMDB-PB). A informação saiu no portal Diário do Poder na coluna do jornalista Cláudio Humberto deste domingo e pode ser verificada no portal da Transparência do Senado Federal.

No ano passado, o Senado gastou quase R$1 milhão (exatos R$990 mil) só com auxílio-moradia, um acréscimo de R$ 5,5 mil aos vencimentos mensais. Estão alojados em apartamentos funcionais em Brasília 50 dos 81 senadores. Cada unidade é avaliada, em média, em R$ 2,2 milhões.

Caso fossem vendidos, os apartamentos funcionais dos senadores renderiam R$107,8 milhões. Um alívio para as contas públicas. Confira no portal da Transparência do Senado Federal, como em referência ao Senador Raimundo Lira não consta gastos no tocante a receber auxílio-moradia ou ocupar imóvel funcional. (https://goo.gl/9GNNJc)

Já os demais integrantes da bancada federal paraibana o senador Cássio Cunha Lima (https://goo.gl/5ouZzN) e José Maranhão (https://goo.gl/qVU24Z) estão na lista dos consumidores destes recursos conforme podem ser verificados nos links acima.

 

Redação

Notícias relacionadas

Câmara Criminal mantém condenação de ex-prefeito de Nova Floresta

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba manteve a condenação do ex-prefeito de Nova Floresta, João Elias da Silveira Neto Azevedo. Na sentença, proferida pelo Juízo da 2ª…

João Azevêdo avalia como positiva candidatura de Huck à presidência em 2022

O governador João Azevêdo comentou na tarde desta segunda-feira (19) durante entrevista à Rádio Arapuan FM, o aceno que o presidente do Cidadania, fez à candidatura do comunicador Luciano Huck…