A Paraíba o tempo todo  |

Ao lado de Cícero, João inaugura da loja do Artesanato Paraibano no Ferreira Costa, na Estrada de Cabedelo

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O governador João Azevêdo participou, neste sábado (7), da inauguração da loja do Programa do Artesanato Paraibano (PAP) no Home Center Ferreira Costa, na estrada de Cabedelo. O espaço vai contemplar cerca de 100 artesãos, que farão exposição dos seus trabalhos para comercialização em formato de rodízio. O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, esteve presente ao ato inaugural.
 
Ao lado da primeira-dama e presidente de Honra do Programa do Artesanato Paraibano, Ana Maria Lins, João Azevêdo destacou a importância da parceria entre o Governo do Estado e o Grupo Ferreira Costa. “Este é um espaço extremamente qualificado, numa loja de um grande grupo comercial, como é a Ferreira Costa, e que nos dá a oportunidade de permitir que os nossos artesãos e artesãs continuem fazendo aquilo que é mais importante, comercializando e divulgando nossa cultura. Eu sempre trato o artesanato da Paraíba além da importância cultural, além da importância de que o artesanato mostra a nossa história. É um segmento econômico, que gera renda, gera emprego, gera sustento para as famílias”, disse, agradecendo a parceria com o Grupo Ferreira Costa.
 
O secretário de Estado de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde), Gustavo Feliciano, ressaltou a grande oportunidade de vendas do artesanato paraibano com o espaço na Ferreira Costa. “É um momento de muita alegria participar da entrega desse espaço para artesão e artesã da Paraíba, que consegue fazer um produto de muita qualidade, o que faz do nosso artesanato referência no Brasil”, acrescentou.
 
Já o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, destacou que a Loja do Programa do Artesanato Paraibano na Ferreira Costa é uma grande vitrine de divulgação. “Essa iniciativa dessa empresa, somada ao trabalho do Governo do Estado nessa área de artesanato, vai abrir mais um espaço para que os artesãos e artesãs de João Pessoa, da Paraíba como um todo, tenham uma loja num local com bastante fluxo de pessoas para mostrar o seu trabalho e complementar a sua renda”, comentou.
 
A gestora do PAP, Marielza Rodriguez, falou das expectativas. “Com a experiência que já tivemos na rampa do Ferreira Costa, a gente acredita que vai vender muito bem. Vamos olhar para o perfil de cliente que visita o Ferreira Costa, que quer decorar a sua casa, aquele paraibano que ainda não conhece o artesanato produzido no Estado. É o momento de valorizar a arte paraibana”, disse.
 
Conrado Ferreira Costa, um dos sócios do grupo empresarial, ressaltou que, ao firmar parceria com o Governo do Estado, o objetivo foi melhorar a qualidade de vida dos artesãos. “Sempre fomos muito ligados ao artesanato, desde Garanhuns, que é a nossa origem, interior de Pernambuco. Nosso interesse é que, em tudo que a gente esteja inserido, a comunidade esteja se desenvolvendo, para que as pessoas possam melhorar de vida”, afirmou.
 
Expectativas e diversidade – Com um público diário estimado em mais de três mil pessoas, a loja do Artesanato Paraibano será uma grande vitrine para o segmento, que terá em exposição diversas tipologias, a exemplo de cerâmica, crochê e patchwork.
 
Após um longo período sem contato com o público por conta da pandemia, as artesãs não viam a hora do momento tão esperado. “Eu achei ótima essa iniciativa do Governo do Estado com a Ferreira Costa. Estávamos parados há muito tempo e agora apareceu essa grande oportunidade de não apenas vender, mas de ver as pessoas olharem, elogiarem nossos produtos”, disse Doroteia Martins.
 
Sentimento compartilhado pela artesã Elaine Elisa, que há mais de dez anos trabalha com patchwork. “A expectativa não poderia ser melhor, com o Governo e a iniciativa privada nos dando apoio, abrindo este espaço, mostrando que é possível o artesão expor seu trabalho num espaço tão bacana como este”, comentou.
 
A loja do Programa do Artesanato Paraibano funciona no mall do Home Center Ferreira Costa, e terá revezamento das tipologias em exposição, visando contemplar o maior público possível.
 
Participaram ainda da inauguração o secretário de Estado da Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca; a diretora da Superintendência do Plano de Obras de Desenvolvimento do Estado (Suplan), Simone Guimarães; e a primeira-dama de João Pessoa, Lauremília Lucena, entre outras autoridades.

Da Redação com Assessoria

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe