Anísio Maia diz que não vai cumprir tese de oposição a Ricardo e alega que decisão de Rodrigo Soares não tem aval da Direção Nacional do PT

 

Deputado estadual eleito, o petista Anísio Maia atacou veementemente a decisão do diretório estadual do PT que decidiu sob a condução do deputado estadual Rodrigo Soares, presidente da legenda, fazer oposição ao governo Ricardo Coutinho (PSB).
 

Ele considerou a decisão “precipitada” e “autoritária” e declarou que a tese não tem o aval da Direção Nacional do PT. “Isso é a continuidade da guerra e o que nós defendemos é um pacto político dentro do PT’, declarou Anísio Maia, que chegou a se retirar da reunião no último sábado.
 

Eleito deputado, ele declarou que vai se posicionar de acordo com o desejo das bases do PT. E disse não temer ameaças. “Quando uma direção estadual ameaça em vez de orientar politicamente é porque está acabada”, declarou.
 

Ele declarou ainda que a bancada do PT na Assembleia marchará unida e à margem das decisões de cúpula do partido. “A decisão de Rodrigo Soares precisa ser legitimada pelas bases do partido”, disse.
 

Pelo jeito, como dissemos em artigo anterior, O PT vai ficar fazendo oposição ao novo governo, mas fora da Assembleia.

 

Blog Luís Torres

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Morre aos 62 anos a jornalista e colunista Lena Guimarães

Morreu, nesta segunda-feira (18), em João Pessoa, a jornalista e colunista do Jornal CORREIO, Lena Guimarães, aos 62 anos. Ela estava internada em um hospital particular e foi vítima de…

LOA 2020: relator afirma que prazo para apresentação de emendas termina hoje

O relator emendas ao Orçamento de 2020, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Tião Gomes (Avante), disse que se encerra hoje (18), o prazo para que os deputados possam…