Ssuplente de deputado estadual e prestes a assumir vaga deixada por Júnior Araújo na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Anísio Maia defendeu o diálogo com a Executiva Nacional do Partidos dos Trabalhadores (PT) para tratar do posicionamento do partido em relação ao governo de João Azevêdo, agora no Cidadania.

A presidente nacional da sigla, Gleisi Hoffmann, pretende participar das discussões com o diretório local para definir se o PT fica ou não com a administração de João Azevêdo, já que até poucos dias o partido caminhava alinhado com o ex-governador Ricardo Coutinho, do PSB.

Segundo Anísio Maia, a participação de Gleisi Hoffmann tende a engrandecer o debate e as decisões. “Para nós é melhor que a decisão seja tomada com a participação do Diretório Nacional, com a presidente do partido, porque será uma decisão sem nenhum questionamento. Vamos ter paciência e vamos aguardar, inclusive, de braços abertos para a nossa presidente”, afirmou em entrevista à emissora de rádio na Capital.

O petista acredita que a maioria dos filiados à sigla na Paraíba defendem que o partido permaneça aliado ao governador João Azevêdo. “Eu tenho certeza de que é a maioria expressiva no partido. Tenho a certeza, mas é melhor não cantar a bola. Vamos pra frente debatendo. O importante é o PT seguir com segurança”, afirmou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veneziano pondera sobre convites para voltar ao MDB: “Não vou me precipitar”

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) revelou na tarde desta sexta-feira (28) em entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoas que tem recebido convites não apenas de…

Veneziano diz que Ana Cláudia pode ser 1ª mulher eleita para PMCG

O  senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB), afirmou em entrevista a Rádio Caturité FM, que a Secretária estadual de Desenvolvimento e Articulação Municipal, Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos), pode…